Artigos

26/02/2013

É cada uma...

A cada instante no Brasil, fatos aterrorizantes são descobertos pelo acaso, com ampla divulgação e repercussão intensa nos meios de comunicação. Tiveram destaques nesta semana, o julgamento popular do estudante Gil Rugai, na condição de autor do homicídio do pai e da madrasta, pegando 33 anos e nove meses de prisão...
Autor:   Marcos Souto Maior, advogado e desembargador aposentado


30/01/2013

É dando que se recebe...

Saia do meu escritório de advocacia, para o almoço, quando uma moto com condutor e uma garupa, fez um movimento brusco e parou, bem em frente a mim. De imediato me afastei rapidamente deixando que moto e condutores ficassem de costas, em eventual defesa pessoal. Imaginei um assalto, figurino que o nordeste importou do sul, e se alastrando, incontidamente, por todo país...
Autor:   Marcos Souto Maior - advogado e desembargador aposentado


23/01/2013

Fantástico, no show da seca!

Neste domingo passado (20 de janeiro), o programa global "Fantástico", desceu do pedestal e veio até o nordeste onde encontrou uma miséria inacreditável, para um país rotulado de crescente economicamente, todavia, que ainda não levou a sério o prolongado flagelo da seca nordestina. As imagens fortes já eram conhecidas dos flagelados e das autoridades públicas e políticos da nossa região...
Autor:   Marcos Souto Maior, advogado e desembargador aposentado


14/01/2013

Moeda furada

Neste primeiro dia do ano novo, mesmo sendo avesso às cansativas retrospectivas dos principais fatos ocorridos no passado, me chamou a atenção o inesperado naufrágio do selecionado brasileiro, na era Mano Menezes e Ricardo Teixeira, baixando para o 18º lugar no ranking da FIFA. "Isto é uma vergonha!", diria o jornalista Boris Casoy...
Autor:   Marcos Souto Maior - Advogado e desembargador aposentado


20/11/2012

Falar sem ser ouvido

Li há alguns dias artigo publicado em jornal de circulação nacional em que um magistrado, examinando aspectos da política remuneratória dos membros do Judiciário, reclamava da postura "insensível" do Executivo Federal de "arrochar" os juízes. Não pretendo discutir o mérito das razões apresentadas, mas sim a reação da opinião pública diante de discursos que envolvem a defesa de interesses da magistratura...
Autor:   Marcelo Roseno de Oliveira, Juiz de Direito e Professor Universitário


22/10/2012

O aborto, à luz do Direito moderno

O Direito, ciência eminentemente dinâmica, ostenta como fonte geradora e de maior inspiração os próprios fatos sociais; daí passar, constantemente, por radicais mudanças e transformações, no seu campo exegético e interpretativo. O que ele não admitia, tampouco agasalhava, no passado; começa a assentir, no presente, ante o vertiginoso avanço e crescimento progressivo do conhecimento humano, na sua forma global...
Autor:   Osvaldo Duda, magistrado aposentado.


01/12/2011

As portas se fecham, mas ficam abertas

Há pouco, o presidente Calandra, da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), entrou com ação no Supremo Tribunal Federal para que os brasileiros não tivessem mais acesso direto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O STF colocou em pauta. A indignação social e midiática da Corregedoria-Geral de Justiça, dos advogados e da sociedade foi tamanha que o Supremo suspendeu o julgamento...
Autor:   Joaquim Falcão, professor da Fundação Getulio Vargas (Direito/Rio) e ex-membro do Conselho Nacional de Justiça


23/08/2011

A magistratura no banco dos réus

A magistratura brasileira vem sendo pressionada e desrespeitada pelos grandes grupos econômicos, especialmente a de primeira instância. Esses conglomerados vêm representando contra os juízes, sistematicamente, tanto no tribunal de origem quanto no CNJ ( Conselho Nacional de Justiça). Virou operação padrão...
Autor:   Juiz Jansen Fialho de Almeida (TJDFT)


04/08/2011

Um Duodécimo de Loje

Você sabia que o Tribunal de Justiça pode simplesmente extinguir pequenas (e muitas) comarcas do interior do Estado, à falta de condições estruturais mínimas, para prestar sua atividade jurisdicional? Isto deixaria muitos eleitores e prefeitos insatisfeitos por passarem a fazer parte de um Termo de Comarca, subordinado a uma Comarca vizinha de maior tamanho...
Autor:   Juiz Marcos William


28/03/2011

Magistrados, sem plantio não há colheita

Cem dias é o tempo necessário para quem se propõe a obter uma boa colheita. É neste período que se ara a terra, plantam-se as sementes, cultivando-as e esperando que, futuramente, rendam muitos frutos. Essa rotina simples, porém imprescindível, fez surgir um ensinamento que muito bem se aplica a quem está determinado a ter sucesso em qualquer desafio a que se propõe...
Autor:   Gervásio Santos, Juiz titular do 9º Juizado Cível e das Relações de Consumo de São Luís (MA)




Convênios
Ver todos
Plano UNIMED
Formulários de adesão e exclusão.

Receba as novidades da AMPB



Atualize seu cadastro


AMPB - Associação dos Magistrados da Paraíba

Av. João Machado, Nº 553, Centro, Empresarial Plaza Center, 3º andar, Sala 307, João Pessoa - PB, CEP: 58030-520.

Fone/Fax: (83) 3513-2001

Jornalista Responsável: Jaqueline Medeiros - DRT-PB 1253




© 2018. Todos os Direitos Reservados. AMPB - Associação dos Magistrados da Paraíba

Av. João Machado, Nº 553, Centro, Empresarial Plaza Center, 3º andar, Sala 307, João Pessoa - PB, CEP: 58013-520.
Fone/Fax: (83) 3513-2001
Jornalista Responsável: Jaqueline Medeiros - DRT-PB 1253