11/09/2017
Comunidade jurídica lamenta fechamento da “Livraria de Sr. Assis”


Durante 32 anos juízes, advogados, promotores e estudantes de Direito contaram com uma livraria no térreo do Fórum Cível de João Pessoa. A conhecida “Livraria de Sr. Assis”, que disponibilizou obras jurídicas e livros de autores paraibanos durante todo este tempo, encerrará suas atividades.

Proprietário da livraria, o senhor Francisco de Assis, sempre atencioso com o seu público, vem recebendo várias homenagens de quem faz parte do Poder Judiciário da Capital paraibana, uma clara expressão de gratidão à sua simpatia e simplicidade.

“Sou grato a Deus por tantos colegas, amigos que pude fazer, que me acolheram tão bem nessa jornada. Tenho um coração saudoso, cheio de boas memórias, de experiências que me permitiram crescer naquele ambiente tão cheio de saber”, declarou Sr. Assis. “Foi o cotidiano junto a vocês que me fez querer aprender para trazer sempre o melhor, a mais atualizada produção, minha finalidade sempre foi fazer da minha livraria a casa de vocês. Obrigada por cada palavra que me acolhe agora, nesse momento que não é fácil, mas é preciso, o trabalho sempre foi e continuará sendo o meu combustível, assim como o carinho e a atenção que sempre recebi e tenho por todos”, afirmou.

Abaixo, segue umas das homenagens prestadas ao sr. Assis, artigo do juiz Adhailton Lacet Porto:

“O ocaso de uma livraria

Boa parte dos livros jurídicos que líamos para nossa formação acadêmica foram adquiridos nas Livraria Acadêmica, do saudoso advogado Geraldo Freire, e Livraria do Fórum, do sempre atencioso Francisco de Assis, ou simplesmente “Assis da Livraria”, figura humana de boa cepa. A primeira há muito cerrou suas portas e o imóvel deu lugar a um anexo da Assembleia Legislativa. A segunda, para nossa tristeza, também vai fechar.

A livraria de Assis foi instalada no Fórum Cível de João Pessoa no ano de 1985, quando o Tribunal de Justiça da Paraíba era presidido pelo desembargador Rivando Bezerra Cavalcante e o Fórum tinha como diretor o então juiz José Hardmam Norat. Naquela época se limitava a uma estante estrategicamente colocada no átrio do antigo fórum que funcionava em um prédio situado à Rua Rodrigues de Aquino, hoje sede do Ministério Público Estadual. Os chamados operadores do Direito se nutriam com os livros oferecidos de forma convincente e educada pelo habilidoso vendedor.

Surpreso e triste fiquei ao ser informado pelo próprio Assis que encerraria sua atividade de livreiro, após trinta e dois anos atuando dentro do Fórum Cível. Ali já encontrei as estantes despidas dos livros e um ar de melancolia. O motivo, ele explicou: a falta de compradores; a diminuição do fluxo de juristas nos corredores forenses e, pasmem, o Pje!

Pje? Como o processo judicial eletrônico fez cair as vendas? Mais uma vez Assis explicou: com o Pje o advogado deixou de ir ao Fórum e a internet facilitou a pesquisa jurisprudencial e doutrinária. Vender livros é comércio e, como tal, é preciso ter lucro.

Livraria será uma página virada na vida de Assis. Vai mudar de ramo e negociar com caprino e seus derivados. Boa sorte, amigo. Do bode e da cabra só se perde o berro”.

O texto acima foi publicado no jornal Correio da Paraíba.

Em uma rede social, o presidente da OAB-PB, advogado Paulo Maia, postou um texto sobre o dono da livraria: “Comprei livros com ele quando acadêmico de Direito e nos primeiros anos da advocacia. Tempos difíceis, mas que era preciso comprar livros de Direito. Quando eu perguntava como podia pagar, sr. Assis dizia: ‘Dr., como o senhor quer pagar?’ Sua bondade ajudou muitas pessoas, como eu, e também foi um grande difusor de livros e autores paraibanos, jurídicos ou não”, revelou o jurista.  

 

Mais Notícias

14/11/2017

Nota Pública AMPB




Plano UNIMED
Formulários de adesão e exclusão.

Receba as novidades da AMPB



Atualize seu cadastro


AMPB - Associação dos Magistrados da Paraíba

Av. João Machado, Nº 553, Centro, Empresarial Plaza Center, 3º andar, Sala 307, João Pessoa - PB, CEP: 58030-520.

Fone/Fax: (83) 3513-2001

Jornalista Responsável: Jaqueline Medeiros - DRT-PB 1253




AMPB - Associação dos Magistrados da Paraíba -

Av. João Machado, Nº 553, Centro, Empresarial Plaza Center, 3º andar, Sala 307, João Pessoa - PB, CEP: 58013-520.
Fone/Fax: (83) 3513-2001
Jornalista Responsável: Jaqueline Medeiros - DRT-PB 1253